18 de junho de 2007

Há ou não há milagres?

Há pessoas que não acreditam em milagres. Outras acham que só acontecem muito raramente. Eu acredito em milagres e acho que acontecem com muita frequência. Este fim-de-semana tive mais uma prova de que os milagres andam por aí. Mas já lá vou.

“Milagre” vem do latim miraculum e significa “causa de admiração”. Nesse sentido, podemos falar de milagres nos casos de curas inexplicáveis, de levitações, etc. e defini-los como “factos inexplicáveis”. Mas essa definição é francamente frágil. É que ela depende dos conhecimentos de que dispomos: algo que era miraculoso na Idade Média, hoje em dia é perfeitamente explicado. Algo que agora é inexplicável, daqui a cem anos será de conhecimento comum. A verdade é que não temos grande ideia das nossas potências naturais e há muitos poderes que permanecem por explicar. Por isso devemos procurar outro modo de entender os milagres.

Se o essencial do milagre não é o extraordinário, nem o inexplicável, nem a espectacularidade do acontecimento, então o que é? Mais próximos de uma boa definição, podemos falar de milagres referindo-nos, simplesmente, a “sinais da acção de Deus”. E, porque Deus está sempre presente e em acção constante, esses sinais não só não são raros como não precisam de ser extraordinários nos seus efeitos. Todos os dias acontecem milagres!

Então como saber se se trata de milagre ou não? O grande critério é ver os frutos do “milagre”: levou a um crescimento na relação com Deus? Levou a que as pessoas envolvidas se dessem mais umas às outras? Levou a que as pessoas sentissem que a vida vale a pena? Se a resposta for sim, então confirma-se como sinal da acção de Deus.

Passou-me esta coisa dos milagres pela cabeça porque, durante todo este fim-de-semana, assisti a um “sim” a estas perguntas.

A casa da Mãe do Gonçalo esteve em obras durante um ano. Teve que se tirar tudo-tudo-tudo de dentro da casa. Ela estava completamente vazia. Finalmente as obras acabaram e este fim-de-semana foi tempo de voltar a montar a casa: móveis, muitos móveis; e caixotes, muitos caixotes, com tudo o que uma casa tem. Eu não sou a Mãe do Gonçalo e senti-me, de início, completamente esmagado perante a perspectiva de tamanha empreitada.

Mas o milagre aconteceu. Caixa a caixa, móvel a móvel, degrau a degrau, foi-se pondo as coisas nos respectivos sítios. O auge destas mudanças aconteceu no Domingo. Entre homens, mulheres e crianças contavam-se cerca de vinte pessoas a ajudar! Bem… para dizer a verdade, as crianças não ajudaram muito: uma delas assistia atentamente aos movimentos confortavelmente sentada no seu carrinho de bebé. Mas o bonito daquilo foi que, entre familiares e amigos, se juntou ali uma autêntica comunidade em missão. Parecia um encontro de Natal mas com caixotes pelo meio.

Por isso, este fim-de-semana foi mais uma prova de que os milagres existem. Deus vai, de facto, agindo nos nossos corações, movendo-nos a fazer pequenos gestos, construindo laços de comunhão e comunidade, atraindo-nos a Ele pelo amor. Se estivermos atentos veremos milagres a acontecer à nossa volta, na nossa vida rotineira do dia-a-dia. Se estivermos disponíveis Ele fá-los-á acontecer através de nós. Pode ser a carregar caixotes. Ou de outra maneira qualquer. Criatividade não lhe falta. Só temos é que nos tornar canais do Seu amor.

4 comentários:

J disse...

João,

Gostei imenso deste post, até diria mais, gostei especialmente deste post.

Milagres, acção de Deus nas nossas vidas, não tem que ser grandes feitos, porque Ele tambem sabe ser discreto e agir no "segredo", milagres feitos que nos fazem aproximar d´Ele e crescer por dentro.

Obrigado,por me fazeres rezar.

Um grande beijinho em Cristo

ERute disse...

Eu acredito que existem imensos milagres todos os dias, a verdade é que raramente estamos abertos a eles.
Hoje eu vivi um milagre e tive o privilégio de estar com os olhos abertos a ele. Dou graças ao Senhor quando reconheço os seus milagres na minha vida e à minha volta.

Anónimo disse...

Olá Primo!
'Bora ver o 'nosso' blog dos 'fora de estrutura', Vale de Acor

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,