1 de junho de 2007

Ser criança...

Hoje é o dia mundial da criança!
As melhores lembranças da nossa vida vivem muitas vezes no baú dos nossos tempos de meninice. Talvez porque a alegria fosse fácil. Talvez porque o mundo nos aparecia mais simples. Talvez porque os nossos ingénuos olhares não conseguíssem atingir o alcance daquilo que é menos bom... Que bom seria ter um olhar assim tão despido de interesse, tão cheio de optimismo!
Na nossa infância mora aquilo que somos hoje. São os alicerces desta construção que somos nós. As alegrias, as tristezas, as surpresas, os sorrisos, os abraços, os encontros, as relações... tudo ganha uma dimensão sublime quando somos crianças. Que grandeza fecunda! Que alegria incontida! Quanta vontade de viver! Quanta força para seguir em frente!
Hoje gostava de propor um sorriso, mas um sorriso daqueles mesmo grandes e sinceros. Porque não experimentar hoje esquecer as dores, aquilo que ando a digerir na minha mente, a passividade da rotina que me aborrece? Hoje é dia de sorrir, é o dia da esperança. Uma criança é o sinal de um mundo novo, é o marco do recomeço da humanidade, é uma certeza firme de que é possível a alegria. Não é ingenuidade, é verdade!
Enquanto não formos como crianças, enquanto não conseguirmos ser simples e puros ainda não aprendemos nada sobre a vida.