10 de outubro de 2007

FÉ?

Quando se fala de fé vêm-nos imediatamente à cabeça mil e uma ideias - o Papa, a inquisição, a Igreja, as guerras religiosas, a compatibilidade com a Ciência, normas morais, polémicas entre políticos e representantes religiosos... Mas o que é afinal a fé? Qual é o seu núcleo essencial? No Evangelho da missa de hoje os discípulos pedem a Jesus que os ensine a rezar. E Jesus, fazendo eco da sua própria experiência, ensina-lhes uma oração muito simples que começa por "Pai Nosso". Julgo que estas duas palavras resumem o essencial da fé cristã. Acreditar é descobrir-me profundamente amado, é confiar que vale a pena acolher a vida mesmo apesar do meu sofrimento e das minhas fragilidades. Mas em Deus não encontro um Pai exclusivo. Deus é Pai de todos os que comigo partilham a existência humana, o que faz de cada pessoa um irmão. Depois de termos bem presente o essencial acho que tudo se pode discutir. Mas tendo a consciência de que pôr em causa a fé cristã não é lutar contra a Igreja ou contra alguma das suas posições, mas sim abdicar da convicção de que cada ser-humano tem lugar num mundo que podemos construir juntos.