1 de abril de 2008

Deus não precisa de defesa...

...mas de ser vivido.

Sou um homem de fé. Sim, acredito em Deus! Sou parte d’Ele. Faz parte de mim… Não sei medir a minha fé. Se pouca, se muita, não importa, não interessa nem me debruço sobre isso, apenas sei que sou um homem de fé… A minha história, as minhas relações, as minhas vivências levam-me a fazer esta afirmação sem pensar duas vezes. Percebo que não posso usar esta minha fé como forma de defesa daqu’Ele em quem acredito. Talvez nem precise da minha defesa… Creio que ao longo dos tempos foi-se perdendo muita energia vital na defesa e não na vivência de quem acreditamos…

Se hoje nós, Igreja (não me restrinjo ao catolicismo), somos atacados, também é devido à defesa impositiva da crença de que todos teriam de ter. Vou-me apercebendo de que muitas vezes, nas lutas contra o ateísmo, tal como Pedro no Horto das Oliveiras, há uma vontade de à espada eliminar os infiéis. É preciso um certo cuidado. De facto, a defesa, mesmo em nome de Deus, pode levar ao ferimento de quem também é amado por Ele. Mesmo que o outro não acredite…

É certo que o mandamento de ir por todo o mundo anunciar a Boa-Nova está inerente a quem tem fé em Cristo. Mas como encaramos o mandamento? Como uma atitude de imposição ou através da vivência coerente com o que se é, com capacidades e limites, da Vida que nos é revelada por Cristo?

Creio que o desafio está precisamente em viver a Vida que, desde a Encarnação até à Ressurreição – não esquecendo a Paixão e Morte – foi revelada por Jesus. O respeito pela pessoa, independentemente da sua crença, com o desejo de unidade alicerçada no Amor que dá (a) Vida na totalidade por todos…



6 comentários:

Francisco Machado, sj disse...

Muito bem Paulo, gostei.

Francisco

maria disse...

Gostei do seu post,fez-me muito bemporque estou a precisar de muita Fé.Assim mesmo sem hesitações. (sou um homem de Fé.). Como o invejo! Que bom ,gostava de dizer o mesmo. Eu tenho alguma fé mas é muito fraca. Duvido muitas vezes.Obrigada Paulo, fiquei com um pouquinho mais de força para caminhar na busca duma fé mais crente. Maria

paulo,sj disse...

Maria,

Obrigado pelo seu comentário... :)

E permita-me dizer algo... Ainda bem que tem dúvidas. Eu também as tenho e quando elas surgem, eis que aparece uma oportunidade para, ao buscar ultrapassá-las (na medida do possível), afirmar ainda com mais força que sou um homem de fé.

Maria, estamos juntos! Continue com essa força... :) Rezo por si!

n disse...

Também gostei muito Paulo.
Grande abraço.
Nico.

ERute disse...

"Vou-me apercebendo de que muitas vezes, nas lutas contra o ateísmo, tal como Pedro no Horto das Oliveiras, há uma vontade de à espada eliminar os infiéis."

Nunca tinha pensado nisto, mas ao ler este post percebi que muitas vezes esta é a minha atitude.
E a fé não passa por isto.
A fé mais do que pessoal tem de ser de comunidade, porque viver a fé sozinha não faz sentido, obrigada Paulo por partilhares - enriqueceste-me.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,