27 de novembro de 2008

O relatório pessimista da National Intelligence Council



O National Intelligence Council (NIC), entidade norte-americana que coordena o trabalho de todas as agências de inteligência do país, revelou um relatório demolidor a médio prazo para os EUA. Desde logo, afirma que a actual crise financeira é apenas o início de uma radical mudança na economia mundial, com a transferência do histórico poderio do Ocidente para o Oriente.
"Os próximos 20 anos serão de transição para um novo sistema, para uma nova ordem mundial, onde os riscos serão grandes e difíceis de antever", diz o relatório "Global Trends 2025".
Prevê que até 2025 o Mundo será um lugar muito mais perigoso, evidencia igualmente que as populações mais pobres, sobretudo de África, terão ainda mais dificuldades a nível alimentar.
Segundo o NIC, a passagem de um mundo com duas superpotências para um sistema multipolar é geradora de mais conflitos.
No horizonte de 2025, o relatório aponta que o aquecimento global, bem como a escassez de recursos, estarão "inevitavelmente" na origem de novas guerras. A esta análise o NIC junta a disseminação de armas nucleares em países considerados "párias" e em grupos terroristas.

Este relatório parece-me mesmo pessimista em relação ao nosso futuro.
A Humanidade está perante um grande desafio, que necessita de uma resposta, não individual de um ou outro país, mas de uma Humanidade unida para o mesmo fim.
As nossas decisões, não afectam apenas os nossos países, mas todo o planeta. O descuido de uns traz consequências para outros. Os desafios são grandes: o aumento populacional, a escassez alimentar, o problema ambiental, todos estes problemas parecem cada vez mais sérios e mais próximos. A solução não se pode encontrar nem nos EUA, nem no Oriente, mas apenas numa Humanidade Unida para o mesmo fim. Enquanto os estados não deixarem de lado os seus interesses, não poderá haver uma solução ou resolução para a crise que hoje atravessamos. O que me preocupa neste relatório, é este sistema multipolar que começa a surgir, na minha opinião, apenas uma humanidade unida pode encontrar a solução para uma maior equidade. Um sistema multipolar, promove não só um maior número de conflitos, mas também um maior distanciamento entre nações.
Isso sim é na minha perspectiva o maior obstáculo para o futuro da nossa Humanidade.