4 de abril de 2010

“O amor é mais forte, até, que a morte.”

Esta é a afirmação que todo homem desejaria poder dizer como verdadeira.
Se Cristo não tivesse morrido, a sua autenticidade ficaria questionada.
Se Cristo não tivesse ressuscitado, a esperança que trouxe seria vã.


Hoje, em todo o planeta, as comunidades da Igreja cantam com assombro a grande notícia, após uma Quaresma na qual (com ajuda das agências internacionais de notícias…) tomou clara consciência do seu pecado e do pecado da Humanidade toda.
Sim, precisamos de ser resgatados do mal e da morte que nos cercam. Mas a grande notícia é que, assombrosamente e discretamente (parece ser o estilo divino), o somos.

Surrexit Christus. Aleluia, Aleluia
Cantate Dominum, Alelulia, Aleluia.

Cristo ressuscitou, Aleluia, Aleluia.
Cantai ao Senhor, Aleluia, Aleluia
.

1 comentário:

Anónimo disse...

Cristo ressuscitou, Aleluia, Aleluia. Cantai ao Senhor, Aleluia, Aleluia.

Boa Páscoa!