26 de setembro de 2010

Porque vou ao AfterBen?

A vinda do Papa Bento XVI a Portugal em Maio passado fez-me conhecer melhor o rosto do sucessor de João Paulo II. Julgo que a minha geração foi muito marcada pela figura do “Papa das multidões” e, quem quer que lhe sucedesse, teria a vida dificultada.

Desde 2005, venho conhecendo o Papa Bento XVI, sobretudo através do que escreve, e confesso que tenho ficado espantado. Agora, nesta visita que fez ao nosso país, tive a sorte de o acompanhar mais de perto e fiquei com vontade de saber mais acerca deste homem.

De facto, aqueles dias souberam-me a pouco; se pudesse, na altura, teria absorvido em cada poro cada uma das suas palavras, tal a alegria que suscitaram em mim. Fiquei com vontade de conhecer melhor um Papa próximo, simples, que vai ao encontro dos problemas reais do mundo; gostava de ter um tempo para saborear e compreender melhor cada uma das propostas que nos deixou.

Entretanto, eis que ouço falar, lá por casa, do AfterBen. Bem, não podia ser melhor! Reviver a alegria daqueles dias, com centenas de pessoas, num lugar bastante agradável, num ambiente descontraído… Aprofundar aquilo que ouvi, agora de uma forma ainda mais simples, explicada por quem esmiuçou cada uma das palavras do Papa… Esta parece-me uma óptima forma de tirar partido desta visita, para que ela não se torne num breve parágrafo na história de Portugal...
E, se mais não fosse, conhecer gente nova é sempre um bom motivo para sair de casa!

1 comentário:

Anónimo disse...

Eu sei pg não vou. Vocês disseram!