23 de março de 2012

Percursos da quaresma: interior

Quando falamos de conversão em tempo de Quaresma, falamos na mudança das nossas atitudes perante a vida e os seus desafios. Mas a conversão tem também a ver com a conversão daquilo que é prioritário. Temos o perigo de confundir o prioritário com o urgente. É que o imediato veste-se facilmente com a roupa do essencial. E acabamos por deixar para trás o crescimento das coisas interiores para nos dedicarmos exclusivamente às aparências exteriores. O grande desafio está em tornar essencial aquilo que não se vê. O desafio está em converter o nosso tempo naquilo que há de melhor em nós.
Link
Pe. António Valério, sj

original aqui