17 de setembro de 2012

S. Roberto Belarmino, Jesuíta, Bispo e Doutor da Igreja



Nasceu em Itália, em 1542. Entrou na Companhia de Jesus em Roma e foi ordenado sacerdote. Sustentou célebres disputas em defesa da Fé Católica e ensinou Teologia no Colégio Romano. Eleito Cardeal e nomeado Bispo de Cápua, contribuiu com a sua actividade junto das Congregações Romanas para a resolução de numerosos problemas. Ao contrário do que se afirma por vezes, não fez parte da Comissão dos Cardeais que condenaram Galileu. Belarmino participou no primeiro interrogatório de Galileu, não tendo nesta ocasião sido condenada qualquer das opiniões deste matemático. Faleceu em Roma, em 1621.


“Se tens alguma sabedoria, compreenderás que foste criado para a glória de Deus e para a tua salvação eterna. Este é o teu fim, este é o centro da tua alma, este é o tesouro do teu coração. Se alcançares este fim serás feliz, se dele te afastares será infeliz.
Por conseguinte, deves considerar como verdadeiramente bom o que te conduz ao teu fim, e como verdadeiramente mau o que dele te afasta. Para o sábio, a prosperidade e a adversidade, a riqueza e a pobreza, a saúde e a doença, a honra e a ignomínia, a vida e a morte são coisas que, por si mesmas, nem se devem procurar nem evitar. Se contribuem para a glória de Deus e a tua felicidade eterna, são bens e devem ser desejados; se impedem essa glória e felicidade, são males e devem ser evitados.”
                                                                  Do Tratado sobre a elevação da mente para Deus

Sem comentários: