8 de janeiro de 2013

Profecias de Agostinho da Silva II

por carlaoliveirasousa via P3

A natureza do homem não é diabólica e é seu último fim a santidade; pode o Diabo não querer, por demoníaca obstinação, livrar-se de seu beco, mas nem orgulho nem preguiça formam à volta de coração humano muralha tão espessa que a esperança não a rompa: ao passo que o que perde o Diabo é ter perdido a esperança; ou não querer ter esperança. 


Agostinho da Silva
in  «Um Fernando Pessoa»

Sem comentários: