19 de março de 2013

S. José | os sonhos do pai

O Sonho de S. José, Rembrandt
O grande sonho de José é encontrar a vontade de Deus. Mais do que o seu próprio querer, do apreço pelo seu nome, pela sua honra, pelo prestígio ou amor próprio, mais do que todos os seus sonhos, o sonho que dá horizonte a todos os outros é o de encontrar a vontade de Deus.

Só esta liberdade permite a escuta atenta de Deus. Deus não vem de fora impondo-se; manifesta-se e apela-lhe, roga-lhe, no interior dos seus próprios sonhos. José não é um mercenário da autorealização, José vai conhecendo o sentido da sua vida porque sonha: sonha com o que é maior, com o que o ultrapassa, com o que não compreende, com o que está para além da sua certeza e é, inexplicável e misteriosamente, sedutor. 

É assim que José se vai conhecendo na sua vida. E assim faz parte do mistério da nossa própria salvação.

Sem comentários: