5 de maio de 2013

VI Domingo do Tempo Pascal


      Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: "Quem me tem amor vive segundo aquilo que eu digo. E o meu Pai também o há-de amar e iremos ambos viver nele. O que não me tem amor, não vive segundo aquilo que eu digo. E aquilo que eu digo não é doutrina minha, mas do Pai que me enviou. Digo estas coisas enquanto estou ainda no meio de vós. O Espírito Santo que o Pai vos enviará a meu pedido, há-de ensinar-vos tudo e fará com que vocês se recordem de tudo o que eu vos ensinei. É a minha paz que vos deixo. É a minha paz que vos dou. Mas não a dou como a dá o mundo. Não se preocupem nem tenham medo. Ouviram aquilo que eu disse: "Deixo-vos, mas volto outra vez para junto de vós." Se me tivessem amor, até se alegravam com a minha ida para o Pai, porque o Pai é mais do que eu. Disse-vos tudo isto, agora, antes que as coisas aconteçam, para que, quando acontecerem, acreditem em mim."
                                                                                                                 João 14, 23-29


"Nestes dias, Deus tem sido o meu professor,
ensinando-me tal como um professor ensina um aluno de escola" (Santo Inácio).
Somos convidados a tomar consciência de que há coisas que Deus tem ainda para nos ensinar, de nos  abrirmos à graça do Espírito e de saber ouvir os seus ensinamentos e de me deixar transformar por eles.

Sem comentários: