14 de novembro de 2013

São José Pignatelli - Apostolo do Afecto

São José Pignatelli viveu num tempo obscuro e particularmente difícil da história da Companhia de Jesus: o tempo da supressão (1774-1814).
O zelo apostólico e perfeita obediência ao Papa, nomeadamente pela aceitação incondicional do desaparecimento da sua família religiosa, são exemplo claro da vida de particular comunhão com Deus, único baluarte seguro entre tantas tribulações, que São José levava. A arte de animar os seus companheiros jesuítas, cuja identidade se tornou irreconhecível aos olhos dos Homens, talvez seja a grande herança para a posteridade, como exemplo perfeito de dedicação afectiva para com o próximo.
Todo o jesuíta de deve inclinar diante da sua santidade.

A oração da Perfeita Resignação reflecte o coração que se molda à Eternidade Divina que esconde na contingência dos dias.

Meu Deus, eu não sei o que me espera neste dia.
Mas tenho a certeza que nada me acontecerá
que Tu não tenhas previsto, decretado e ordenado desde toda a eternidade.
E isto basta-me.
Eu adoro os teus desígnios eternos e impenetráveis
aos quais submeto todo o meu coração.
Eu desejo e aceito-os a todos, e uno o meu sacrifício
ao de Jesus, meu divino Salvador.
E peço, em Seu nome e através dos Seus méritos infinitos,
paciência nas minhas provações e submissão total e perfeita
a todos os que vierem a mim pela Tua vontade
Amem

São José Pignatelli SJ

Sem comentários: